Linhas de reflexão

O Encontro "Ler e Formar Leitores no Século XXI: Novas Literacias" pretende ser um espaço de reflexão e partilha sobre os enormes desafios educativos da nossa Era, no sentido de garantir aos jovens aprendizagens e abordagens pedagógicas inovadoras que os preparem adequadamente para o futuro, não só em domínios já considerados vitais, como o Português, a Matemática ou as Ciências, mas também noutros campos, como a resolução de problemas, a criatividade, a autonomia, o pensamento crítico, a colaboração ou o uso dos media e das tecnologias.

Com a revolução digital, o modo como nos informamos, aprendemos, trabalhamos e comunicamos mudou radicalmente, exigindo às novas gerações conhecimentos, capacidades e atitudes que, no mundo globalizado, assumem novas formas e dimensões.

As literacias digitais, da leitura, da informação, visual, dos media, parecem ser, no mundo atual, tão importantes para a vida em sociedade e a cidadania, como o são os saberes tradicionais, sendo indispensável que integremos na educação e na formação do século XXI novos modelos, ambientes, estratégias, recursos e ferramentas de ensino e de aprendizagem que as promovam e estimulem.

Ser letrado já não significa, há muito, saber apenas ler, escrever e contar. Precisamos que os currículos escolares contemplem novos conhecimentos, novas pedagogias e novas tecnologias que façam da escola um lugar de promoção e aprendizagem das designadas competências do século XXI.

As bibliotecas são uma porta para o mundo da informação e do conhecimento e um espaço educativo e formativo privilegiado das escolas para o desenvolvimento destas competências.

Refletir sobre o desenvolvimento das literacias em contexto escolar significa pensar, em última instância, numa escola com futuro e sucesso para todos.